DSpace
Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.multimidia.ufpa.br/jspui/handle/321654/1271

Title: A UFPA e os Anos de Chumbo: memórias, traumas, silêncios e cultura educacional (1964-1985) – Entrevista com Egídio Machado Sales Filho
Author(s): Fontes, Edilza Joana Oliveira
Conception: Este material foi concebido pela professora doutora Edilza Joana Oliveira Fontes, que coordena o Projeto “A UFPA e os Anos de Chumbo”, desenvolvido em parceria com o Laboratório de Pesquisa e Experimentação em Multimídia da Assessoria de Educação a Distância.
Publication date: 2014
Description: The project “UFPA and the Years of Lead: memory, trauma, silence and educational culture (1964-1985)” intends to gather a digital collection comprised of testimonies by professors, administrative technicians and former students of the Federal University of the State of Pará (Universidade Federal do Pará – UFPA). This content is an interview with Professor Egídio Machado Sales Filho, who comments on his participation in movements and action against the Military Dictatorship. In 1971, Egídio entered the Law School at UFPA. His view on political life comes from his connection with young progressive Christians, associated with Canon Raul Tavares de Sousa, guide and founder of the Catholic Community House of Youth (Comunidade Católica Casa da Juventude - Caju). Egídio has been a president of the Society for the Defense of Human Rights in Pará (Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos), vice-president of the Bar Association of Brazil (Ordem dos Advogados do Brasil – OAB) and Municipal Secretary for Legal Affairs of Belém, from 1997 until 2004. As a lawyer, he was appointed by the CPT with the case of some priests and 13 posseiros (small farmers without land titles) who were arrested under the National Security Act. Egídio was also the only native of Pará involved in the project of the book "Brasil Nunca Mais", in which are revealed the challenges faced during the elaboration of an effective report which, even after 25 years, serves as a guide to understand the political repression in Brazil. Today, Egídio is a professor at UFPA and an expert in Contemporary Philosophy. In this interview, Egídio talks about how the military control affected the education of the students during the period of the Dictatorship. He also reviews the 1970s’ movements, which helped to dismantle the Military Government.
Subject: Federal University of the State of Pará (UFPA)
Military dictatorship
Law School
Central Directory of Students
Caju
Book
Brasil Nunca Mais
Movements against the Military Dictatorship
Weakening of the Military Government
Original idiom: pt_BR
Time / Size: Parte 1: 12min e 29seg
Parte 2: 12min e 30seg
Parte 3: 14min e 30seg
Parte 4: 11min e 20seg
Credits: Coordenação Geral: Fontes, Edilza Joana Oliveira; Veloso, José Miguel Martins; Malcher, Maria Ataide.
Coordenação Executiva: Silva, Maria de Lourdes Rodrigues da.
Direção Geral: Silva, Edenice Pereira; Fontes, Edilza Joana Oliveira; Miranda, Fernanda Chocron.
Direção de Arte: Acquerello Design.
Direção de Fotografia: Silva, Marcelo Rodrigues.
Pesquisa Documental e Imagética: Fontes, Edilza Joana Oliveira; Silva, Maria de Lourdes Rodrigues da; Soares, Paulo Sérgio da Costa; Silva, Cláudio Ricardo Garcia da; Alves, Davison Hugo Rocha.
Roteiro de Entrevista: Fontes, Edilza Joana Oliveira.
Entrevistadora: Fontes, Edilza Joana Oliveira.
Entrevistado: Filho, Egídio Machado Sales.
Reference: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Assessoria de Educação a Distância. Faculdade de História. A UFPA e os Anos de Chumbo: memórias, traumas, silêncios e cultura educacional (1964-1985) – Entrevista com Egídio Machado Sales Filho. Belém: UFPA, 2014. 1 vídeo. (50min e 49seg). Disponível em: < http://www.multimidia.ufpa.br/jspui/handle/321654/1271>. Acesso em:
License: Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported da Creative Commons.
Note: Este conteúdo faz parte de uma série de entrevistas especiais que resgata a história da Universidade Federal do Pará durante a Ditadura Militar no Brasil (1964 a 1985), a partir de depoimentos de professores, servidores e ex-estudantes que viveram esse período na Universidade. O objetivo é registrar casos de constrangimentos e violações de direitos dos que se envolveram na luta contra o Governo Militar, sem, contudo, considerar os avanços acadêmicos e estruturais que a UFPA passou nesses anos. O projeto envolve a gravação de 48 entrevistas em profundidade e a elaboração de 05 programetes temáticos para veiculação em televisão aberta, com duração de 04 minutos cada. A pesquisa, também, envolveu documentos da ASI-UFPA e atas dos órgãos superiores da UFPA. Destaca-se, ainda, que as entrevistas em profundidade foram disponibilizadas na íntegra, ou seja, sem cortes nas falas dos depoentes. Portanto, o conteúdo dos depoimentos é de responsabilidade total dos entrevistados, que ao final das filmagens autorizaram o uso e divulgação das informações com fins educacionais pela coordenação deste projeto.
Appears in Collections:Vídeo

This item is licensed under a Creative Commons License
Creative Commons

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


Powered by DSpace software, Version 4.3
     Universidade Federal do Pará - Rua Augusto Corrêa 01 - Guamá - Belém/PA - Brasil